Just Another WordPress Site Fresh Articles Every Day Your Daily Source of Fresh Articles Created By Royal Addons

Quer fazer parceria comigo? Agende uma ligação

Postagens populares

  • All Post
  • Agenda São Paulo
  • Aprochega Aqui
  • Arte
  • Artesão
  • Beauty
  • Bem Estar
  • Brasil
  • Celebridade
  • Cidadania
  • Confeitaria
  • Cultura
  • Cultura Nordestina
  • Cultura Paulistana
  • Curiosidades da Região Nordeste
  • Curta São Paulo
  • Curta São Paulo
  • Dicas de Livros
  • Entretenimento
  • Entrevistas
  • Eventos
  • Forró
  • Gastronomia
  • Gastronomia Brasileira
  • Gastronomia Nordestina em São Paulo: Dicas de Restaurantes
  • Gastronomia Paulistana
  • Lançamentos
  • Lifestyle
  • Música
  • Notícias
  • Photography
  • Produtos Nordestinos em São Paulo
  • Receitas
  • São Paulo
  • São Paulo
  • Sertaneja
  • Sons do Nordeste
  • Teatro
  • Tecnologia da Informação
  • Travel
  • Um Nordeste em São Paulo
  • Viagem
  • Viagem São Paulo
  • Vídeos
    •   Back
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Nordeste
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Sertaneja
    •   Back
    • Viagem São Paulo

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Geração de feirantes: famílias do Kinjo Yamato relatam suas histórias de vida e trabalho

Inaugurado em 1936, o mercado foi construído anos antes para dar suporte às obras do Mercadão de São Paulo, e abrigou imigrantes japoneses agricultores

Mercado SP SPE S.AKinjo Yamato acolhe história de gerações de feirantes
Mercado SP SPE S.A Kinjo Yamato acolhe história de gerações de feirantes

São Paulo, agosto de 2023 – O Dia do Feirante, comemorado em 25 de agosto, pode revelar histórias de famílias inteiras que tiram, deste comércio, o sustento de suas gerações. Na capital paulista existem 942 feiras livres cadastradas e 4.628 feirantes, de acordo com dados da Prefeitura de São Paulo. As feiras livres existem desde meados do século XVII, com o formato popular de atrair pessoas que buscam produtos frescos, como verduras, legumes e frutas, e o tradicional pastel.

Ainda de acordo com informações da Prefeitura, o Dia do Feirante surgiu em homenagem à primeira feira livre que ocorreu no país, em 25 de agosto de 1914, no Largo General Osório, no bairro Santa Efigênia, em São Paulo. Algum tempo depois, o então prefeito da capital paulista, Washington Luís, oficializou as feiras e mercados livres com o ato nº 625, em 28 de maio de 1934. Atualmente, a Lei nº 492, de 1984, rege os direitos e deveres das feiras livres em todo o território nacional.

No Centro Histórico Expandido de São Paulo, uma versão mais charmosa de feira atrai cada vez mais visitantes e interessados. O Mercado Kinjo Yamato é um hortifruti que, assim como o Mercadão, está sob concessão da Mercado SP SPE S.A desde 2021. Porém, sua história teve início muito antes, em 1936, ano de inauguração.

A história do Kinjo Yamato se mistura com muitas outras, com famílias e gerações que conquistam seu sustento como feirantes.

50 anos com produtos de qualidade

Logo na entrada do Kinjo Yamato, avistamos a banca de Eico Kaneshiro, que oferece hortaliças, verduras e legumes. Tudo sempre fresco, renovado diariamente. Sob o comando de Silvia Kaneshiro, filha dos fundadores, a empresa se mantém no local há 50 anos, desde sua fundação, em 1973. “Essa empresa é de família e leva o nome da minha mãe. Meu pai foi um imigrante japonês e veio para o Brasil após a Segunda Guerra. Atualmente, já estamos na terceira geração de proprietários, que são os meus filhos, que também vivem da banca”, conta Silvia. Um trabalho que começou sem muita escolha, diz Silvia. “Minha família tinha uma chácara para plantar e colher as verduras e legumes, uma rotina puxada e, depois, trazíamos ao Kinjo para vender no box. Um trabalho árduo, mas que proporcionou também muitas alegrias e conquistas”, relata. Hoje a família não tem mais a chácara, e compra seus produtos dos pequenos produtores, diretamente da roça. Às 2 horas da manhã, Silvia e os filhos iniciam o dia que se estende até às 15h.

Os principais clientes de Silvia têm pressa e buscam por qualidade acima de tudo: são os donos e os chefs de restaurantes da capital paulista. Para ela, todos esses anos de trabalho no Kinjo Yamato representam um legado de levar a qualidade dos produtos aos seus clientes, como algo que nasceu no sonho de seus pais há 50 anos.

Pastel de feira no Kinjo

O amor ao pastel é quase unânime nas feiras paulistanas. Com uma variedade cada vez maior de sabores, é na beirada da barraca do pastel que as escolhas são feitas. No Kinjo Yamato, encontramos a barraca da pasteleira Rafaela Gonçalves Nisichara que, embora já atue no comércio como feirante há duas décadas, está no Kinjo há dois anos.

Entre um pastel e outro, Rafaela, de 30 anos, conta como sua carreira empreendedora se estabeleceu no Mercado Kinjo Yamato, como a única barraca de pastel até agora.

“Chegamos no Kinjo Yamato a partir da oportunidade que a Mercado SP ofereceu. Trabalhar aqui é mágico. A gente adora o Kinjo porque é mais do que uma feira, é um espaço de cultura, de história. Existe muita união dentro do nosso hortifruti e conseguimos atender com qualidade todos os nossos clientes”, conta ela, animada.

Rafaela destaca que seu comércio tem as características das bancas de uma feira tradicional, com atendimento mais próximo, pastel frito na hora e o caldo de cana preparado com todo carinho. “Eu amo ser pasteleira, amo trabalhar nessa essência que o Kinjo traz: uma mistura humana e cultural”, conclui.

Sobre a Mercado SP SPE S.A

Desde 2021, a Mercado SP SPE S.A – Mercado SP é a concessionária responsável pela administração do Mercado Municipal Paulistano (Mercadão) e do Mercado Kinjo Yamato pelo prazo de 25 anos. A concessão envolve a operação, manutenção, reforma, restauro e exploração de ambos os mercados, com a missão de oferecer ao visitante produtos e serviços de qualidade. Tem como compromisso transformar os espaços em um dos mais importantes pontos turísticos da cidade de São Paulo, oferecendo uma experiência única em gastronomia, cultura e história, a partir de uma gestão eficiente, transparente, inovadora e ética, com resultados sustentáveis.

Sobre o Mercado Municipal Kinjo Yamato Inaugurado em 193, quando ainda era chamado de Mercado Municipal da Cantareira, passou a se chamar Kinjo Yamato em homenagem a um dos pioneiros da imigração japonesa no Brasil, na celebração dos 80 anos da chegada dos japoneses no Brasil, em 1988. Localizado no centro histórico expandido de São Paulo, o Kinjo Yamato é um dos primeiros mercados públicos da cidade, concebido como um espaço especializado em hortifruti, inicialmente a céu aberto. Ainda nos anos 1930, recebeu, como doação, uma cobertura metálica vinda da Escócia que seria utilizada em uma estação de trem do Anhangabaú. A cobertura foi tombada pelo patrimônio histórico.

Redação NordestinosPaulistanos – Leanderson Amorim

Por  Cibele Lima

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leanderson Amorim

Recent Posts

  • All Post
  • Agenda São Paulo
  • Aprochega Aqui
  • Arte
  • Artesão
  • Beauty
  • Bem Estar
  • Brasil
  • Celebridade
  • Cidadania
  • Confeitaria
  • Cultura
  • Cultura Nordestina
  • Cultura Paulistana
  • Curiosidades da Região Nordeste
  • Curta São Paulo
  • Curta São Paulo
  • Dicas de Livros
  • Entretenimento
  • Entrevistas
  • Eventos
  • Forró
  • Gastronomia
  • Gastronomia Brasileira
  • Gastronomia Nordestina em São Paulo: Dicas de Restaurantes
  • Gastronomia Paulistana
  • Lançamentos
  • Lifestyle
  • Música
  • Notícias
  • Photography
  • Produtos Nordestinos em São Paulo
  • Receitas
  • São Paulo
  • São Paulo
  • Sertaneja
  • Sons do Nordeste
  • Teatro
  • Tecnologia da Informação
  • Travel
  • Um Nordeste em São Paulo
  • Viagem
  • Viagem São Paulo
  • Vídeos
    •   Back
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Nordeste
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Sertaneja
    •   Back
    • Viagem São Paulo

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Join the family!

Sign up for a Newsletter.

You have been successfully Subscribed! Ops! Something went wrong, please try again.

Tags