Just Another WordPress Site Fresh Articles Every Day Your Daily Source of Fresh Articles Created By Royal Addons

Quer fazer parceria comigo? Agende uma ligação

Postagens populares

  • All Post
  • Agenda São Paulo
  • Aprochega Aqui
  • Arte
  • Artesão
  • Beauty
  • Bem Estar
  • Brasil
  • Celebridade
  • Cidadania
  • Confeitaria
  • Cultura
  • Cultura Nordestina
  • Cultura Paulistana
  • Curiosidades da Região Nordeste
  • Curta São Paulo
  • Curta São Paulo
  • Dicas de Livros
  • Entretenimento
  • Entrevistas
  • Eventos
  • Forró
  • Gastronomia
  • Gastronomia Brasileira
  • Gastronomia Nordestina em São Paulo: Dicas de Restaurantes
  • Gastronomia Paulistana
  • Lançamentos
  • Lifestyle
  • Música
  • Notícias
  • Photography
  • Produtos Nordestinos em São Paulo
  • Receitas
  • São Paulo
  • São Paulo
  • Sertaneja
  • Sons do Nordeste
  • Teatro
  • Tecnologia da Informação
  • Travel
  • Um Nordeste em São Paulo
  • Viagem
  • Viagem São Paulo
  • Vídeos
    •   Back
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Nordeste
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Sertaneja
    •   Back
    • Viagem São Paulo

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Categories

Edit Template

Museu das Favelas realiza I Seminário de Pesquisa Favela é o Centro em setembro

Objetivo do projeto é reunir pesquisadores e institutos de pesquisa para debaterem os mais recentes estudos e publicações que tratem das favelas e periferias brasileiras

Foto: Carlos Pires | Black Pipe

O Museu das Favelas, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo, anuncia o I Seminário de Pesquisa Favela é o Centro apresentado pelo Itaú Unibanco. O projeto, que ocorrerá entre os dias 21 e 23 de setembro deste ano, tem o objetivo de contribuir para a disseminação de informações sobre as periferias e favelas brasileiras, trazendo mesas de debate e oficinas, reunindo mais de 15 especialistas de diferentes estados brasileiros.

A programação começa no dia 21 de setembro com a conferência de abertura, Favela é o Centro, ministrada pela Thuane Nascimento, também conhecida como Thux, diretora executiva do PerifaConnection. A conferência provoca e dá início a reflexão sobre o conceito de favelas, explorando sua relação territorial e o direito à cidade, além de abordar a intersecção entre segurança pública e o uso comum desses espaços. Com um enfoque na dimensão racial, busca-se analisar as favelas como um instrumento de manutenção e perpetuação social no Brasil. O evento acontece no Auditório, às 19h, e terá transmissão ao vivo pelo canal oficial do Museu das Favelas no YouTube.

Na sexta-feira (22), das 10h às 17h, no primeiro andar do Museu, ocorre a oficina “Debatendo o conceito de favelas com o IBGE”, com mediação de Cayo Franco, coordenador de Geografia da Diretoria de Geociências do IBGE, e Letícia Giannella, pesquisadora em Informações Geográficas e Estatísticas do Instituto. A oficina chega para debater a revisão da redação dos critérios e da nomenclatura “aglomerado subnormal”, utilizado pelo instituto desde 1991 para identificar, classificar e representar esses territórios em pesquisas como o próprio Censo. A oficina será um importante momento de diálogo com a sociedade civil, antecedendo de forma propositiva ao I Encontro Nacional de Produção, Análise e Disseminação de Informações sobre as Favelas e Comunidades Urbanas do Brasil, promovido pelo IBGE, e que busca ampliar a reflexão sobre a temática. A ação possui vagas limitadas com necessidade de inscrição prévia.

Ainda na sexta-feira, das 19h às 21h, no Auditório Estouro, acontece a primeira mesa de debate com o título: “Levantando Dados: Metodologias de Pesquisa na Quebrada”. O encontro tem a mediação de Luzinete Borges, membra do Centro de Estudos Periféricos (CEP) da UNIFESP, e conta com a participação de Rachel Rua, gerente do Data Favela, e Thiago Teles Brandão Ferreira, coordenador técnico do Censo 2022 no Estado de São Paulo. A mesa debate as diferentes metodologias aplicadas em suas pesquisas de alcance nacional e, também, apresenta dados e estatísticas que disputam estigmas comumente associados aos territórios de favelas e periferias.

No sábado (23), das 10h às 12h30, na Sala CORRE, ocorre a oficina de elaboração de verbetes para o Dicionário de Favelas Marielle Franco, com mediação de Thiago Ferreira e Caíque Azael, editores do site que reúne mais de 1.700 verbetes a respeito de referências sobre favelas e periferias do Brasil elaborados de forma colaborativa. A oficina faz parte da programação da 17ª Primavera de Museus – Memórias e Democracia: pessoas LGBT+, indígenas e quilombolas, iniciativa promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). A ação ocorre anualmente durante o início da estação da primavera, envolvendo museus e instituições culturais em todo o Brasil como forma de criar espaços de reflexão e diálogo sobre temas relevantes da sociedade contemporânea.

Ainda no sábado, das 12h às 17h, a livraria Suburbano Convicto, especializada em literatura marginal, terá um stand para exposição e comercialização de livros e publicações no jardim do Museu das Favelas. A partir das 14h, no Auditório Estouro, ocorre a segunda mesa de debate, sob o tema: “Cartografias periféricas: até onde vai meu mapa?”, que discutirá os limites e desafios sobre o mapeamento em zonas periféricas, e terá a participação dos palestrantes Aluízio Marino (coordenador do LabCidade), Igor Pantoja, (coordenador de Relações Institucionais no Instituto Cidades Sustentáveis), Jéssica Cerqueira, (representando o projeto Emergências Políticas Periféricas, realizado pelo Instituto Update) e a mediação de Wellington Fernandes, do coletivo Quebradamaps.

Para fechar a programação, a terceira e última mesa de debate da programação, sob o título: “Memórias periféricas: as diferentes formas de lembrar e esquecer”, no Auditório Estouro, das 16h às 18h. O encontro reúne os palestrantes: Claudia Ribeiro (coordenadora do Museu da Maré), Sônia Fleury (coordenadora do Dicionário de Favelas Marielle Franco) e Rafael Lucas Leonel (diretor do podcast Memórias Quebradas) e conta com a mediação de Suzy Santos (coordenadora do Museu Comunitário Jd. Vermelhão). A apresentação trará debates sobre as formas de se lembrar e esquecer das favelas e as pesquisas desenvolvidas por suas iniciativas focadas em preservação e construção de novas narrativas.

“O seminário parte de uma pergunta norteadora, que está na essência do desenvolvimento do Museu das Favelas, considerada primordial para qualquer discussão nesta área: “o que é favela?”. No entanto, mais do que discutir conceitos sociológicos, o seminário pretende debater como pensar políticas públicas a partir de um termo que é tão complexo de se definir. Todas as pesquisas e organizações convidadas tem o propósito de impactar na realidade desses territórios. São trabalhos de pesquisa que não visam apenas discutir teorias, mas principalmente levantar dados para mudanças pragmáticas e efetivas.”, afirma Renata Furtado, coordenadora do CRIA, Centro de Referência, Pesquisa e Biblioteca do Museu das Favelas.

AQUI ESTÃO AS FOTOS + MATERIAIS DE APOIO PARA A IMPRENSA 🙂

SERVIÇO

I SEMINÁRIO DE PESQUISA FAVELA É O CENTRO

CONFERÊNCIA DE ABERTURA

FAVELA É O CENTRO, COM THUANE NASCIMENTO (PERIFA CONNECTION)

Quinta-feira, dia 21/09/2023, das 19h às 21h

Local: Auditório Estouro

Inscrições limitadas

Vagas: 50

Credenciamento a partir de 18h

Intérprete em Libras

Transmissão ao vivo – canal do youtube do Museu das Favelas

Credenciamento a partir de 18h

Endereço: Av. Rio Branco, 1269 – Campos Elíseos, São Paulo – SP, 01205-903

STAND – LIVRARIA SUBURBANO CONVICTO

Sexta, dia 22/09/2023, 12h às 17h Local: Jardim

OFICINA – DEBATENDO O CONCEITO DE FAVELAS COM O IBGE

Sexta-feira, dia 22/09/2023, 10h às 17h Local: Sala 1o andar

Inscrições limitadas

Vagas: 50

Credenciamento a partir de 9h

> Mediação: Letícia Giannella e Cayo Franco (IBGE)

MESA 1 – LEVANTANDO DADOS: METODOLOGIAS DE PESQUISA DE CAMPO NA QUEBRADA

Sexta-feira, dia 22/09/2023, das 19h às 21h

Local: Auditório Estouro

Inscrições limitadas

Intérprete em Libras

Credenciamento a partir de 18h

Vagas: 50

Transmissão ao vivo – canal do youtube do Museu das Favelas

Palestrantes: Rachel Rua (Data Favela), Thiago Teles Brandão (IBGE) e Luzinete Borges (CEP – Centro de Estudos Periféricos)

OFICINA DE CRIAÇÃO DE VERBETES COM O DICIONÁRIO DE FAVELAS MARIELLE FRANCO

Sábado, dia 23/09/2023, 10h às 12h30

Local: Sala CORRE

Inscrições limitadas

Intérprete em Libras

Credenciamento a partir de 9h

Vagas: 20

Mediadores: Thiago Ferreira e Caíque Azael (Dicionário de Favelas Marielle Franco)

MESA 2 – CARTOGRAFIAS PERIFÉRICAS: ATÉ ONDE VAI MEU MAPA?

Sábado, dia 23/09/2023, das 14h às 16h

Local: Auditório Estouro

Inscrições limitadas

Intérprete em Libras

Credenciamento a partir de 13h

Vagas: 50

Transmissão ao vivo – canal do youtube do Museu das Favelas

Palestrantes: Jessica Cerqueira (Instituto Update), Aluízio Marino (LabCidade), Igor Pantoja (Rede Nossa São Paulo), Mediação: Wellington Fernandes (Quebrada maps)

MESA 3 – MEMÓRIAS PERIFÉRICAS: AS DIFERENTES FORMAS DE LEMBRAR E ESQUECER

Sábado, dia 23/09/2023, 16h às 18h

Local: Auditório Estouro

Inscrições limitadas

Intérprete em Libras

Vagas: 50

Credenciamento a partir de 15h

Transmissão ao vivo – canal do youtube do Museu das Favelas

Participantes: Cláudia Ribeiro (Museu da Maré), Sônia Fleury (Dicionário de Favelas Marielle Franco), Rafael Lucas Leonel (Memórias Quebradas). Mediação: Suzy Santos (Museu Comunitário Jd. Vermelhão)

SOBRE O MUSEU DAS FAVELAS

O Museu das Favelas está sediado no Palácio dos Campos Elíseos. Gerido pela organização social de cultura IDG – Instituto de Desenvolvimento e Gestão – o equipamento nasce de um processo colaborativo com pessoas que vivenciam o cotidiano das favelas, com atividades culturais e educativas voltadas para todos os públicos, sendo um ambiente de pesquisa, preservação, produção e comunicação das memórias e histórias das favelas brasileiras. O Museu conta com o patrocínio da Unilever e Grupo CCR, apoio da Sabesp, cooperação da Unesco e parceria institucional da CUFA – Central Única das Favelas.

O espaço, inaugurado em novembro de 2022, abriu ao público com a exposição temporária Favela-Raiz e instalações externas, o CRIA – Centro de Referência, Pesquisa e Biblioteca, o CORRE – Centro de Formação, Trabalho, Renda e Empreendedorismo, auditório e um amplo espaço de convivência no jardim. Ao longo de 2023, o público poderá conhecer e participar de atividades no jardim, e nas salas do piso térreo e inferior, enquanto os pavimentos superiores são preparados para receber exposições e outras instalações.

A programação é gratuita. O Museu das Favelas está localizado no bairro Campos Elíseos, em São Paulo, ao lado do Terminal de Ônibus Princesa Isabel. O acesso principal ocorre pelo portão na Rua Guaianases, nº 1024, mas é possível entrar também pela na Avenida Rio Branco, nº 1269. Não há estacionamento no local.

Mini-bio dos palestrantes e das instituições envolvidas:

https://docs.google.com/document/d/1jTamwOhrN0tUjENIvMknLHQKQmdZp-DWGTzw-7ZDRq8/edit?usp=sharing

Redação NordestinosPaulistanos – Leanderson Amorim 

Por Matheus de Paula

Share Article:

Considered an invitation do introduced sufficient understood instrument it. Of decisively friendship in as collecting at. No affixed be husband ye females brother garrets proceed. Least child who seven happy yet balls young. Discovery sweetness principle discourse shameless bed one excellent. Sentiments of surrounded friendship dispatched connection is he. Me or produce besides hastily up as pleased. 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leanderson Amorim

Recent Posts

  • All Post
  • Agenda São Paulo
  • Aprochega Aqui
  • Arte
  • Artesão
  • Beauty
  • Bem Estar
  • Brasil
  • Celebridade
  • Cidadania
  • Confeitaria
  • Cultura
  • Cultura Nordestina
  • Cultura Paulistana
  • Curiosidades da Região Nordeste
  • Curta São Paulo
  • Curta São Paulo
  • Dicas de Livros
  • Entretenimento
  • Entrevistas
  • Eventos
  • Forró
  • Gastronomia
  • Gastronomia Brasileira
  • Gastronomia Nordestina em São Paulo: Dicas de Restaurantes
  • Gastronomia Paulistana
  • Lançamentos
  • Lifestyle
  • Música
  • Notícias
  • Photography
  • Produtos Nordestinos em São Paulo
  • Receitas
  • São Paulo
  • São Paulo
  • Sertaneja
  • Sons do Nordeste
  • Teatro
  • Tecnologia da Informação
  • Travel
  • Um Nordeste em São Paulo
  • Viagem
  • Viagem São Paulo
  • Vídeos
    •   Back
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Nordeste
    • Agenda Nordeste
    •   Back
    • Sertaneja
    •   Back
    • Viagem São Paulo

Dream Life in Paris

Questions explained agreeable preferred strangers too him her son. Set put shyness offices his females him distant.

Hot

Join the family!

Sign up for a Newsletter.

You have been successfully Subscribed! Ops! Something went wrong, please try again.

Tags